top of page

Poesia e Viagem: Caminho para casa

Poesia e viagem: Uma mulher, escritora viajante, que também se sente deslocada viajando e em busca do seu caminho para casa


Por Maria Fernanda Romero


Caminho para casa


Os sentimentos,

tão profundo,

turbinados,

pelo calor do seu abraço,

ofegante,

caminho de volta para casa,


Navego,

nesses sentimentos,

escorrego nas dunas,

que não são como no deserto,

mas a areia arranha,

as estranhas,entranhas,

do meu coração,


porque essas almas vazias,

não saciam a minha fome,

de viver.


poesia e viagem ilustrada com uma imagem de flores secas em dunas com trecho do mar em segundo plano e mais dunas no fundo
Poesia e viagem: Caminho para Casa


Poesia e viagem: em busca por um caminho


Viajar não é uma fuga da vida. E sim viver a vida da forma mais intensa, real e presente dela. Viajar é não ter certezas e se reencontrar com o desconhecido. Eu comecei a viajar por uma mistura de curiosidade sobre o mundo e suas diferentes formas, decepção sobre a minha rotina e ansiedade de viver logo tudo que eu poderia viver. Mas, rapidamente, toda viagem mudou. Eu comecei uma viagem de perdas: de certezas, de verdades, de medos, de rótulos.


Uma viagem de compreensão: pelas diferenças, pelos sentimentos. De encontros: com pessoas especiais que me mostraram que vale a pena acreditar na humanidade. Às vezes me falam que tenho que tomar cuidado, que nem todas as pessoas são boas e eu posso ir lá e me hospedar na casa delas, sem nem a conhecerem. Ou pegar uma carona. Mas viajando conheci pessoas, que me fizeram sentir que eu poderia confiar e acreditar.


Minha fé no próximo e na bondade só cresceu durante a viagem. E agora, viajo com mais calma, me surpreendo com a rotina. Mas a viagem mais importante que comecei dentro de tantas viagens, foi a viagem para dentro de mim.


Todas as minhas camadas de ser, de luz e de sombra. Viajando lido com a minha escuridão o todo tempo, percebo o quão importante é saber reconhecer e enxergar onde ela está e ainda sim continuar positiva e confiante. E afinal, quando deixo a sombra de lado, priorizo os encontros fantásticos, que parecem ser feitos de sonhos.


Leia outras poesias de viagem


Ser Mulher


Uma viagem que se tornou um Livro

Navegando em poesia” é meu livro de poesia que relata um pouco da minha vida como uma mulher plural, viajante e apaixonada. Em um discurso enfático e assertivo, que quase não se deixa seduzir por metáforas, nesse livro várias Marias são reveladas.


O livro é uma construção de três pilares da vida: existência, liberdade e amor. A escritora constrói um diálogo com o tema sob a ótica de uma mulher em crescimento, em processo de libertação e em desencontro afinal. O que traduz um trajeto que contém a aventura da vida.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page